Dor no ombro? Sem cuidados, lesão pode piorar em 40% dos casos


Queixas de dores e dificuldades para movimentar o ombro são constantes nos consultórios de ortopedistas e fisioterapeutas, sendo a terceira doença musculoesquelética mais frequente, perdendo apenas para dores e patologias da coluna.


A falta de uma interferência médica logo no início da lesão é responsável pela piora de 40% dos casos. No começo a pessoa pode pensar que é um mau jeito, algo passageiro e, com isso, não procura o médico. Esse atraso na busca de ajuda pode aumentar o tamanho da lesão, o que piora a dor e pode levar à perda da força.


De acordo com a Associação Americana de Fisioterapia, cerca de 40% dos pacientes que reclamam de dor nos ombros apresentam alguma desordem envolvendo o manguito rotador. A estrutura ajuda nos movimentos de elevação e rotação dos braços, estabilizando a cabeça do úmero - osso superior dos braços - dentro do ombro.

Acompanhe as nossas Redes Sociais
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
Você já é meu paciente?

Envie um e-mail diretamenta para:

Esse site tem o objetivo de informar e agregar conhecimento aos leitores, por meio de conteúdos jornalísticos e não representa, necessariamente, as mesmas práticas realizadas no atendimento médico. O site também segue as normas e o código de conduta Web de medicina e saúde, previstas na resolução do CFM 1974/2011. Qualquer conteúdo deste canal não substitui a avaliação e a consulta médica.

As fotos são meramente ilustrativas e os textos possuem direitos reservados. Para publicação ou redistribuição de algum conteúdo, deve-se solicitar autorização prévia por escrito.

 

Responsável técnico:

Dr. André Evaristo Marcondes | RQE 54349 | CRM 121391