Carnaval: como evitar dores?


Sambar ou simplesmente brincar em blocos de rua, como qualquer outra atividade física, exigem cuidados não só com essa parte do corpo, mas também com os pés e a coluna, para prevenir lesões que possam abreviar a festa.


O uso de calçados confortáveis, com plataforma na parte da frente e saltos de até cinco centímetros, evita que os pés inchem e fiquem com calos e bolhas. Sandálias rasteiras não são indicadas, porque aumentam a pressão no calcanhar e elevam o risco de esporão de calcâneo e fascite plantar.


Para os homens, também é necessário que haja salto no sapato, de até três centímetros. Por isso, tênis são as melhores opções, porque têm essa inclinação e absorvem o impacto.


Fazer um alongamento antes e depois de cair na folia ajuda a minimizar as chances de problemas.


Respeitar os limites do corpo e dar a ele períodos de descanso durante os dias de folia também é importante para evitar incômodos. Uma pessoa que não faz atividade física regular, naturalmente, vai se sentir mais cansada. Por isso, é preciso fazer pausas; por exemplo, ir a um bloco de manhã e parar para almoçar com calma, sentado