CASO CLÍNICO | Tratamento para Doença Degenerativa Discal

O caso que apresento hoje é um pouco diferente, mas extremamente importante. Ele é uma opção de tratamento para pacientes que possuem Doença Degenerativa Discal mas em grau inicial, quando o caso não apresenta indicação ou necessidade de abordagem cirúrgica mais extensa ou agressiva como os exemplos que geralmente abordo aqui.


No entanto, pacientes com Degeneração Discal em fase inicial muitas vezes sofrem de dor lombar e irradiação no trajeto do nervo ciático e não melhoram com medidas habituais, como por exemplo: fisioterapia, RPG (Reeducação Postural Global), acupuntura, exercícios isométricos no fortalecimento muscular ou atividade física.


Frequentemente, esse grupo de pacientes se mostra extremamente insatisfeito com o sistema de saúde pois não conseguem alívio dos seus sintomas e não encontram profissionais dispostos a realizar tratamentos mais "agressivos" por falta de indicação cirúrgica.


Para pacientes como esses existe uma excelente indicação, são os chamados Bloqueios Facetários e Foraminais, que são agulhas guiadas por tomografia, ou máquinas de escopia, que conseguem atingir pontos extremamente específicos como os apresentados nas figuras abaixo.



As agulhas estão extremamente próximas das raízes de L4 e L5, que são algumas das raízes que se juntam para a formação do nervo ciático, a localização precisa dessas agulhas pode ser confirmada com injeção de contraste, como exposto nas imagens, sendo possível a aplicação de anestésicos para auxílios diagnósticos e aplicação de corticoide para retirada do processo inflamatório no ponto específico da lesão, muitas vezes trazendo alívio eficaz e duradouro por longos períodos, permitindo melhora da qualidade de vida e reabilitação física adequada.


Se o seu caso for de doença discal em estágio inicial, e mesmo diante de todo esforço e tratamento adequado ainda não está conseguindo alívio dos sintomas e retorno do seu bem-estar, discuta com seu médico a possibilidade de um bloqueio foraminal ou facetário para o alívio dos sintomas.

Estou feliz e agradeço a Deus pela habilidade e capacidade em ajudar a restaurar a saúde da coluna de pessoas muito especiais, como neste exemplo. Para mim o amor e a dedicação pelo que eu faço tem como único objetivo ajudar na recuperação da saúde física, mental e na qualidade de vida dos meus pacientes. Isso é o que mais importa.

E você? Qual problema a sua coluna vem apresentando? Fale comigo. Nunca é tarde para receber o atendimento que tanto precisa!

Abraços, Dr. André Evaristo Marcondes

Atendimento presencial e à distância

São Paulo, 23 de agosto de 2021